Resfriamento de máquinas permite maior eficiência

A movimentação de equipamentos é uma constante dentro das plantas fabris, com as diversas máquinas em pleno funcionamento, durante todo o período de atuação industrial.

As linhas de montagem, que recebem, cada vez mais, a presença de equipamentos automatizados, precisam ser lubrificados, para que os braços mecânicos se movimentem livremente, conforme a programação computadorizada aplicada sobre eles.

A transmissão de força, conforme a alimentação de energia, sobre os equipamentos, exercem uma carga de força motriz, que permitem o funcionamento das máquinas, desempenhando o papel que lhe é relegado, e precisa que suas peças sejam protegidas contra desgastes, que podem impelir ao mau funcionamento.

Usinagem com garantia de precisão

A lubrificação das máquinas é essencial, exatamente para que as linhas de montagem não sofram qualquer tipo de avaria. Como há implicação de força, por toda a extensão da máquina, o uso de óleo hidráulico deve ser aplicado de forma constante.

Sendo um dos principais responsáveis da lubrificação, garantindo toda a integridade e longevidade do uso dos equipamentos industriais.

Os motores de movimentação das máquinas também devem ser lubrificados, de acordo com a manutenção preventiva aplicada nos mais diferentes equipamentos.

Muitas máquinas operatrizes, que trabalham em conformidade com a usinagem baseada em comandos numéricos computadorizados, seguem em pleno desenvolvimento industrial, à base de lubrificação com óleo de corte solúvel em toda a engrenagem.

Seu uso deve ser aplicado também em torno, fresadoras, rosquiadeiras, mandriladoras, furadeiras, serras, entre outros equipamentos, conforme o trabalho aplicado para a lubrificação e refrigeração, de forma circular contínua.

Mantendo a linha de produção em pleno funcionamento, a aplicação do óleo solúvel é vantajoso, pois:

  • Tem emulsão translúcida, facilitando a operação;
  • Protege as engrenagens contra corrosão;
  • Pode ser aplicado em operações de retífica;
  • Ideal para máquinas operatrizes e peças usinadas.

O resfriamento das peças e máquinas, na linha de produção, também é um processo importante, para garantir a segurança dos operadores, e integridade das peças e produtos fabricados.

Na usinagem, o enchimento torre de resfriamento tem como principal objetivo manter a temperatura baixa, principalmente de máquinas e equipamentos que precisam estar em funcionamento de maneira constante.

Este processo de resfriamento ocorre com a utilização de água de reuso, que já passou por processos de industrialização, e tratamento em estações próprias, para a disponibilidade em diferentes setores, inclusive o resfriamento.

Desta forma, evita-se o descarte inconsequente, contribuindo para a sustentabilidade aplicada nas indústrias.

Os aspectos da água devem atender a características de tratamento, como temperatura e total eliminação de qualquer tipo de sólido, para que não ocorra nenhum tipo de influência no funcionamento da torre de resfriamento.

A pulverização para resfriamento é realizada por meio do bico aspersor de água, onde o contato com o ar amplia a eficiência, sobre todo o processo, de maneira ágil e prática, cobrindo toda a torre instalada.

Eliminação de umidade também importante

Muitas atividades provenientes de cargas pneumáticas funcionam com o uso de ar comprimido. A lubrificação dos componentes de movimentação são importantes, assim como a eliminação de umidade, para eliminar qualquer agente corrosivo das peças, nas máquinas e engrenagens.

As atividades relacionadas à linha de montagem, em diferentes setores, precisam contar com um ambiente adequado, como a eliminação de umidade relativa do ar.

Equipamentos desenvolvidos para realizar este tipo de tarefa em oficinas mecânicas, canteiros de obras da construção civil, serralherias e marcenarias, são bastante úteis, como o compressor de ar.

O processo de secagem depender´á de cada equipamento, sendo realizado por meio de refrigeração ou utilizando a movimentação de ar.

Sem a eliminação correta da umidade do ar, os equipamentos podem apresentar problemas de funcionamento, prejudicando a própria performance dos compressores, gerando danos aos maquinários e aumentando o trabalho para a equipe de manutenção corretiva, o que agrava, consequentemente, os investimentos na indústria.

As indústrias química e alimentícia são as mais beneficiadas, em se tratando de qualidade relacionada a seus produtos, quanto ao uso de ambientes controlados.

O funcionamento da balança de precisão precisa estar ajustada, garantindo que a criação de produtos que atendam a normas de regulamentação e segurança, conforme as agências de fiscalização.

Com o uso de insumos diferenciados, a regularização deste espaço permite a criação de diferentes produtos, que precisam seguir regras e ingredientes de forma precisa. Isso é importante para todos, inclusive na questão de saúde pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *