Movimentação de cargas industriais: o que é preciso saber

A movimentação de cargas industriais é uma atividade logística que ocorre em situações de fretes e mudanças, bem como em casos de adaptação do setor, ao passar por uma reorganização de suas máquinas e equipamentos, com finalidades de aumento da produção e redução de custos.

Além disso, demais fatores podem ser responsáveis pela necessidade de movimentação de cargas. Independentemente disso, o trabalho exige uma mão de obra qualificada e procedimentos especiais, para otimizar o tempo logístico, evitar acidentes e minimizar as possibilidades de perda dos maquinários.

transporte de equipamentos pesados em indústrias é feito com itens especiais, como guinchos e máquinas de grande porte, que são capazes de suportar pesos altos e cargas pesadas.

Todos esses dispositivos são especialmente confeccionados para a movimentação de equipamentos industriais e, por conta disso, possuem características específicas.

Vale ressaltar também que a movimentação e transporte de cargas, com o objetivo de transferência, demanda a aplicação de técnicas especiais de montagem, armazenamento e deslocamento.

Sendo assim, os serviços de logística na indústria geralmente são feitos por empresas transportadoras especializadas, que contam com o conhecimento correto para a realização do procedimento e colaboradores experientes na movimentação de máquinas e equipamentos industriais.

Equipamentos usados na movimentação e transporte de cargas industriais

Um dos equipamentos mais utilizados para o transporte e movimentação de cargas industriais é o caminhão munck.

Também chamado de guindauto ou simplesmente munck, essa máquina é uma variação do guindaste com comando hidráulico.

A diferença do munck para os demais caminhões está justamente na montagem do chassi, próprio para a movimentação de cargas.

Os guindautos são usados no transporte de equipamentos e máquinas industriais, além de operações logísticas na construção civil, com descarga de materiais e montagem de estruturas.

Por ser um tipo de caminhão específico, é preciso que o operador tenha conhecimento técnico sobre o veículo, com noções de operação da máquina.

Além dos muncks, outros equipamentos usados na movimentação de cargas industriais são:

  • Transportadores contínuos;
  • Plataformas de elevação;
  • Máquinas de içamento;
  • Veículos industriais motorizados.

Outro veículo bastante usual é o guincho plataforma, que além da movimentação de máquinas e cargas industriais, é usado no deslocamento de carros e outros tipos de automóveis durante o reboque.

Por esse motivo, os guinchos são avistados em estradas (no caso de panes de automóveis) e dentro da cidade para a retirada de carros parados ilegalmente.

Contudo, o equipamento também é adaptado para a realização de operações logísticas dentro da indústria e da construção civil.

Transporte de cargas industriais e suas derivações

Além da movimentação de máquinas e equipamentos na indústria, as operações logísticas industriais podem se valer da transferência de outros itens, como é o caso do transporte de resíduos.

Essa atividade tem como principal objetivo retirar o lixo produzido no setor e direcioná-los para a coleta ou despejo correto, dependendo do tipo de resíduo.

Durante o procedimento, também é necessário realizar o acondicionamento do lixo industrial, como parte da gestão de resíduos.

Desse modo, é possível pensar em um plano de transporte que utilize o menor número de equipamentos possível, da maneira mais eficiente, levando em conta todos os processos envolvidos e a segurança.

Vale ressaltar que a coleta e transporte de resíduos industriais deve seguir as recomendações dos órgãos responsáveis, como a Política Nacional de Resíduos Sólidos, as resoluções da Comissão Nacional de Meio Ambiente, a NBR 13221 e demais regulamentações federais, estaduais e municipais.

Dependendo da cidade, as normas podem ser alteradas, por isso, é imprescindível conhecer as leis vigentes no local para o transporte e coleta de resíduos industriais.

Outro tipo de movimentação na indústria é o chamado transporte fracionado, que se refere à operação logística em que uma pequena remessa de cargas ou materiais é enviada.

Com isso, o embarcador responsável arca apenas com o espaço utilizado por sua mercadoria dentro do caminhão de transporte. Dessa forma, é possível reduzir os custos da operação logística, para maior lucratividade da indústria e redução de gastos.

Atualmente, com o desenvolvimento da tecnologia, as cargas fracionadas tornaram-se uma das maneiras mais eficientes de transporte, pois todas podem ser rastreadas.

Além disso, o transporte fracionado oferece muito mais segurança para a indústria, mesmo quando o percurso percorrido pelo transportador não é direto (as cargas totais seguem um rota fixa).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *