Produtos que auxiliam em diversos segmentos industriais

Muitas vezes, ao observar um produto, certas características podem passar despercebidas, como é o caso dos carrinhos de carga são equipamentos indispensáveis para contribuir no transporte e carregamento dos mais variados objetos em estoques.

Cada carrinho tem suas especificações que estão relacionadas a fatos como os seguintes:

  • Carga máxima;
  • Presença de abas;
  • Tipos de plataforma;
  • Largura e altura da estrutura.

Esses são os elementos comumente priorizados, porém, há outros itens que não podem ser negligenciados.

Pois quando são inadequados, podem dificultar severamente o transporte da carga e gerar, até mesmo, acidentes, eles correspondem às rodas e rodízios, afinal, são os elementos responsáveis pela praticidade oferecida pelo carrinho.

Ainda mais, ao se tratar das rodas para carrinhos, esses produtos podem ser pneumáticos, estampados ou maciços. A escolha certa é capaz de contribuir com um deslocamento mais leve e suave.

Em terrenos irregulares, como nos que não possuem pavimentação, os modelos mais indicados são os pneumáticos, já em opções regulares, as de plástico ou borracha são mais indicadas.

Cuidados com rodas e rodízios

Por mais que as rodas sejam acopladas nos rodízios, é preciso compreender que são itens distintos.

rodizio schioppa pode ser encontrado em diversos modelos e enquanto alguns são recomendados para pisos irregulares e cargas mais pesadas outros são mais indicados para ambientes internos e pisos regulares.

Para escolher o modelo ideal é preciso ter cautela, sendo que um dos primeiros passos para escolher o rodizio é determinar exatamente a carga em questão.

Isso porque evita que os limites da capacidade da carga sejam excedidos, tanto nos rodízios, quanto nas rodas, é crucial para garantir um transporte mais prático e seguro.

Por essa razão, deve-se levar em consideração fatores como o peso do carrinho ou estrutura, peso máxima da carga que será transportada e o número de rodízios envolvidos.

Por mais que a estrutura do carrinho seja de qualidade, em algum momento pode ser necessário recorrer à manutenção e caso a carga seja excedida continuamente ou exageradamente, os principais problemas que podem surgir é justamente nas rodas e nos rodízios.

No entanto, quando o carrinho é operado corretamente e está em boas condições, a troca periódica das rodas pode gerar grandes benefícios para manter uma execução satisfatória do trabalho.

Geralmente, as trocas são necessárias devido a danos relacionados ao tipo de solo onde ocorre a movimentação, afinal, nem sempre os setores industriais apresentam pisos lisos e propícios para as rodas.

O diâmetro também deve ser levado em consideração, em certos casos, rodas com diâmetros menores, só que mais largas, podem apresentar uma maior capacidade de suporte do que opções com diâmetros superiores.

No entanto, depende muito do material de fabricação, entre outras especificações do item.

O uso da máquina seladora a vácuo

máquina seladora a vácuo é incorporada, principalmente, na indústria alimentícia. Basicamente, o produto dentro das embalagens a vácuo são submetidos a um processo em que todo o ar no interior do saco é eliminado. Dessa forma, evita-se que microrganismos possam deteriorar os itens.

Diversas vantagens são obtidas com mais facilidade para o transporte do produto, conservação do alimento potencializada, além de servir também como uma importante barreira ao odor. Dessa forma, perdas significativas são evitadas devido a uma maior conservação do alimento.

Há diferentes tipos de seladoras, como a profissional e a manual. A profissional conta com um sistema automatizado e requer menos esforços humanos envolvidos nos processos.

Também é possível encontrar seladoras com sistemas de resfriamento e temporização, além de uma capacidade superior de embalar quando comparada às opções manuais, que, normalmente, são voltadas a produções reduzidas e são mais compactas.

As vantagens de usar a empilhadeira manual

As empilhadeiras são indispensáveis para contribuir no manejo e cargas, especialmente para locomoção e organização.

Por esse motivo, são amplamente utilizadas para carga e descarga de caminhões, verticalização de estoques, entre outras operações.

Existem diversos tipos de empilhadeiras e uma das opções que é comumente aplicada é a empilhadeira manual, que apesar de funcionar pela força originada de trabalho braçal, não exige muito esforço do operador.

Isso se deve à presença de diferentes mecanismos que contribuem com um melhor uso, como roldanas e rolamento que contribuem com a elevação da torre.

Seja no caso dos rodízios, carrinhos, rodas, seladoras ou empilhadeiras, entre outros produtos comumente aplicados em segmentos variados no meio industrial, é indispensável que cada setor analise quais são as opções mais adequadas para os processos desenvolvidos e as exigências que devem ser atendidas, pois com os itens certos, é possível otimizar cada método empregado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *