Os equipamentos de elevação mais utilizados nas indústrias

Quando se trabalha dentro de ambientes industriais, como galpões e armazéns, não é suficiente ter somente trabalhadores e braços fortes para executar o trabalho com estoques das indústrias.

Os equipamentos são utilizados como uma forma de potencializar o serviço, complementando a capacidade física do ser humano.

Dessa maneira, é possível obter um dinamismo e produtividade muito maiores do que antes, características muito importantes para um mundo onde o mercado está se tornando cada vez mais competitivo e tecnológico.

Nesse sentido, o texto a seguir irá falar sobre os principais equipamentos de elevação utilizados para tais tipos de trabalhos.

1) As paleteiras nas indústrias

A paleteira é o primeiro equipamento que será abordado, tendo em vista que ele possui uma complexidade, de certa maneira, menor do que os outros itens

As paleteiras são muito conhecidas por outros nomes, tais como transpalete, transpaleteira ou carrinho hidráulico. O seu objetivo não é simplesmente transportar cargas, mas sim fazer a locomoção de objetos pesados em cima de pallets (ou paletes).

Estes, por sua vez, tratam-se de estruturas de madeira, as quais ficam embaixo das cargas encontradas nos armazéns.

Dessa maneira, através dos dois “garfos” existentes nas paleteiras, os trabalhadores conseguem erguer os pallets com objetos o suficiente para eles serem transportados agilmente de um ponto para outro.

A diferença principal entre as paleteiras e as empilhadeiras se dá pelo fato de que, enquanto estas conseguem erguer objetos a grandes altura, muito maiores que os trabalhadores, as paleteiras só conseguem elevar uma carga na altura do chão, sendo, portanto, útil apenas para a locomoção.

2) As empilhadeiras

A empilhadeira é, talvez, um dos itens mais clássicos encontrados dentro de galpões industriais. Assim como as paleteiras, as empilhadeiras funcionam através de duas garras as quais agarram os pallets e elevam ele para onde for possível.

Contudo, diferentemente das paleteiras, as empilhadeiras são capazes de levar uma carga a grandes alturas. Isso porque, na maioria dos galpões, principalmente naqueles mais atuais, a valorização das estruturas horizontais está crescendo cada vez mais como uma forma de otimização do espaço.

Portanto, possuir equipamentos capazes de alcançar as alturas das estantes e prateleiras é extremamente importante para uma maior praticidade e agilidade no serviço.

Existem, também, diversos tipos de empilhadeiras nas indústrias, tais como:

No caso, as empilhadeiras elétricas se diferenciam daquelas à combustão pelo fato de funcionarem através de uma bateria, e não de combustíveis.

3) As empilhadeiras trilaterais

As empilhadeiras trilaterais são como uma evolução das empilhadeiras comuns. O motivo para isso se devem ao fato de que, como o seu nome já deixa indicado, a empilhadeira trilateral é capaz de alcançar todas as três direções, ampliando muito a capacidade de armazenamento de pallets.

Para garantir o funcionamento pleno destes equipamentos, ele utilizam um sistema automático ou são guiadas a laser. Com isso, as empilhadeiras trilaterais conseguem, além de levantar uma carga, girar o cabeçote o qual suporta os garfos e apanhar ou deixar cargas de um lado para o outro de um corredor ou espaço.

Um detalhe interessante é que as empilhadeiras trilaterais possuem um sistema o qual possibilita que o operador, ao elevar uma carga, seja elevado junto com ela.

Essa é uma vantagem comparada a outros equipamentos, já que, dessa forma, os operadores conseguem enxergar melhor a carga com a qual estão trabalhando.

Como funciona a operação das empilhadeiras nas indústrias?

Já que estamos falando a respeito de operadores e das indústrias, vale a pena ter em mente como funciona o trabalho do profissional que atua com empilhadeiras: o operador de empilhadeira.

Este profissional pode atuar em uma série de segmentos empresariais, tais como:

  • Setor de plásticos;
  • Alimentício;
  • Metalúrgico;
  • Logística;
  • Transporte;
  • Entre outros.

Contudo, para isso, o operador não pode ser qualquer um nas indústrias. Antes de tudo, este trabalhador precisar possuir CNH (Carteira Nacional de Habilitação) na categoria B ou superior. Ou seja, antes de dirigir as empilhadeiras, é preciso saber dirigir veículos.

Além disso, os operadores precisam ter um profundo conhecimento a respeito do funcionamento de uma empilhadeira Yale e da sua segurança no trabalho.

Para isso, tais trabalhadores devem ser treinados e capacitados de acordo com as exigências da NR (Norma Reguladora) 11 da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), garantindo a segurança do trabalhador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *