Razões para usar ferramentas pneumáticas

Precisa de rapidez e versatilidade em aplicações industriais ou na construção civil? Pois saiba que as ferramentas pneumáticas funcionam com ar comprimido.

Diferentemente das ferramentas elétricas convencionais, alimentadas por bateria ou por energia elétrica, elas são alimentadas por um compressor de ar.

Essas ferramentas são conectadas por um motor pneumático, onde o mecanismo da bomba acionada força o ar continuamente para dentro de um tanque para garantir que um nível constante de pressão seja fornecido.

Isso ajuda na conversão de ar comprimido. Algumas das ferramentas pneumáticas comuns incluem chaves, pistolas de rebitar, britadeiras, brocas, retificadoras e Pinador pneumático.

Vantagens das ferramentas pneumáticas

Em comparação com suas contrapartes elétricas, as ferramentas pneumáticas apresentam várias vantagens que as tornam as ferramentas ideais para uso no ambiente industrial. São menores, mais econômicas e mais leves que as ferramentas elétricas tradicionais.

Alguns dos principiáveis benefícios das ferramentas pneumáticas são:

  • Leve;
  • Baixo custo;
  • Segurança;
  • Versatilidade;
  • Produtividade;
  • Potência.

1. Leve

As ferramentas movidas a ar, como o Grampeador pneumático, utilizam compressores de ar, ao contrário de ferramentas elétricas, que usam motores para funcionar.

Como resultado, as ferramentas pneumáticas são significativamente mais leves sem a necessidade de um motor volumoso. Isso é especialmente importante quando você utiliza as ferramentas por longos períodos de tempo.

O design ergonômico e o tamanho pequeno das ferramentas pneumáticas também permitem que o usuário tenha uma melhor aderência da ferramenta e trabalhe com mais eficiência.

2. Baixo custo

As ferramentas pneumáticas são soluções econômicas devido ao menor número de peças móveis. Como resultado disso, pouca manutenção ou reparo é necessário para ferramentas pneumáticas.

Menos manutenção também significa menos tempo de inatividade. Isso equivale a concluir o trabalho mais rapidamente, sendo mais produtivo e, finalmente, reduzindo custos.

Além disso, o consumo de energia dessas ferramentas pode ser controlado, permitindo economia de energia. Além do baixo consumo de energia, o investimento inicial na compra dessas ferramentas geralmente é menor que o de seus equivalentes elétricos.

Se você planeja usar as ferramentas continuamente, como uma parafusadeira pneumática, elas são a melhor opção para economizar em custos de energia e manutenção.

3. Segurança

As ferramentas pneumáticas são mais seguras que as elétricas, pois você pode usá-las em ambientes com umidade, materiais condutores e até substâncias explosivas e inflamáveis. Tais ambientes são perigosos ou envolvem alto risco para as ferramentas elétricas trabalharem.

4. Versatilidade

Você pode usar ferramentas pneumáticas em qualquer ambiente e levá-las facilmente para onde precisar.

Você também pode ajustar a pressão de suas ferramentas pneumáticas, desde explosões de alta pressão até baixas velocidades. Isso torna as ferramentas pneumáticas versáteis para uma ampla gama de aplicações e usos.

5. Produtividade e potência

Devido à sua excelente relação potência/peso, as ferramentas pneumáticas são capazes de produzir mais potência, além de serem leves e compactas.

Para ferramentas elétricas, apenas 50% a 60% da energia fornecida aos motores são convertidos em potência de saída. Isso torna as ferramentas elétricas menos produtivas e menos poderosas.

No entanto, para ferramentas pneumáticas, a potência de entrada é 100% conversível em potência de saída. Portanto, as ferramentas pneumáticas oferecem mais torque e maior RPM (rotações por minuto), permitindo que os usuários concluam suas tarefas com eficiência.

A chave de impacto pneumático, por exemplo, é uma ferramenta útil para afrouxar e apertar as porcas e parafusos. A vantagem de usar essa ferramenta é que é necessário pouco esforço do operador.

Como as chaves de impacto usam rajadas curtas de força rotacional para apertar ou afrouxar porcas e parafusos, elas realizam o trabalho em um ritmo muito mais rápido. Isso, portanto, melhora a produtividade também.

Chaves de impacto são comumente usadas na montagem de produtos, manutenção de equipamentos pesados, reparo automotivo e projetos de construção.

Até mesmo os agitadores industriais utilizam ar comprimido. Os agitadores incluem motores pneumáticos do tipo palheta de menor eficiência, soluções pneumáticas do tipo pistão de alta eficiência e também soluções elétricas.

Ao tentar determinar a necessidade de um agitador, é preciso considerar o orçamento versus a conservação de energia a longo prazo.

A decisão também deve levar em consideração se a instalação do sistema do agitador é nova ou se substituirá um motor existente em um tanque ou vaso de pressão.

Enfim, os sistemas de agitação pneumática usam um motor pneumático de tipo palheta com eficiência ultra baixa e uma transmissão de redução de engrenagem para agitar líquidos. O motor da palheta exige uma alta rotação para desenvolver uma quantidade adequada de torque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *