Processos indispensáveis para produtividade na indústria

A produtividade industrial depende de uma série de fatores: qualidade do maquinário, boas instalações industriais, medidas de segurança e saúde ocupacional. Neste contexto, as soluções vão desde Transformadores industriais até medidas para identificar processos tóxicos como a radiação e seus efeitos.

As estratégias podem mudar conforme o segmento, o tipo de maquinário e as demandas em si, mas em um cenário geral, há processos que são indispensáveis para que o setor seja produtivo, seguro e competitivo.

Quer saber mais sobre esses processos e soluções para alcançar este objetivos? Continue lendo esse post e saiba mais!

Transformadores industriais

Não há como pensar em uma linha de operação industrial sem eletricidade. Neste contexto, os Transformadores industriais desempenham um papel fundamental já que transformam as tensões que partem da rede elétrica de acordo com a necessidade do maquinário industrial.

Na prática, os transformadores transmitem a energia de um circuito a outro, transformando os valores de tensão e corrente na voltagem exata dos maquinários.

Como na maioria das vezes, a rede tem valores discrepantes, os transformadores são os equipamentos que adequam esses valores e fazem a transmissão exata da potência para os equipamentos.

Existem modelos de alta e baixa tensão e a escolha deste dispositivo depende muito do segmento industrial e seu perfil de consumo.

Se você está se perguntando sobre a relevância deste equipamento para os processos industriais, saiba que é graças à esse equipamento que é possível:

  • Ter um maquinário funcionando na voltagem ideal;

  • Evitar queima de equipamentos por diferenças de tensão/corrente elétrica;

  • Contar com uma distribuição energética adequada para os circuitos;

  • Garantir um desempenho satisfatório dos equipamentos elétricos.

Atenção: na hora de escolher um transformador para sua indústria, dê preferência para empresas especializadas na área e que contam com boas referências em relação à qualidade dos equipamentos.

Além da compra, também é possível alugar os transformadores.

Testes de radiação

Os processos industriais podem gerar diversos efeitos, entre eles, a radiação.

Na prática, a radiação consiste na emissão de energia por meio de partículas e ondas eletromagnéticas em movimento e, caso haja contato humano com a radioatividade, os riscos à saúde humana são graves (podendo causar até óbito).

Por isso, uma indústria produtiva e segura deve realizar o chamado teste de esfregaço.

Na prática, essa técnica é realizada por empresas que trabalham com a detecção de áreas contaminadas por substâncias radioativas.

Primeiro é feita uma análise das áreas possivelmente afetadas, depois, um papel de filtro é aplicado na superfície e as amostras são colhidas para uma análise técnica.

Fazer este teste periodicamente é muito importante para garantir a segurança na operação industrial e evitar acidentes.

Além do teste, o detector de radiação é um equipamento que serve para identificar a presença de partículas radioativas em determinadas áreas e é recomendado instalar esse dispositivo para monitorar essa condição.

Afinal, como os testes de radiação interferem na produtividade industrial? Elencamos alguns motivos e vantagens abaixo:

  • É uma forma de priorizar a segurança nas indústrias;

  • Serve para identificar riscos e prevenir acidentes;

  • Contribui para a responsabilidade da empresa em relação à saúde ocupacional;

  • É importante para evitar perdas humanas e materiais.

Manutenção industrial

De tempos em tempos, é importante verificar a qualidade do maquinário industrial para fazer manutenção nos equipamentos e descartar peças obsoletas, seja para trocar peças de um andador ou carrinho, ou qualquer outra medida.

Isso vale tanto para identificar se o transformador é o mais adequado para a demanda da indústria, como também é algo que serve para identificar o desempenho das máquinas de forma geral.

Na indústria, é comum que as empresas separem um dia ou uma semana para realizar esse tipo de processo que se chama “parada industrial”.

Ao avaliar a infraestrutura do maquinário e dos recursos da indústria, é possível fazer melhorias e, com isso, a produtividade aumenta.

Não há como manter a competitividade no mercado, sem investir em ferramentas de trabalho que possibilitam isso. Por isso, modernizar e avaliar o que funciona e o que não está tão eficiente é uma necessidade real.

Esses são apenas alguns processos industriais para melhorar a produtividade das empresas.

Ainda é possível e válido investir em capacitações dos colaboradores, buscar certificações na área, implementar programas de inovação e buscar as tendências de acordo com o segmento industrial desejado.

Se hoje um detector de radiação é uma demanda necessária para a segurança, pensar que daqui alguns anos haverá outros sistemas e pesquisar sobre o que é mais eficiente é uma forma de almejar melhorias. É isso que diferencia uma indústria das outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *