Os instrumentos de medição na indústria

A evolução da tecnologia permitiu a incorporação de inúmeros dispositivos, componentes, softwares de gerenciamento e outros acessórios às máquinas e instrumentos industriais.

Isso representou um grande avanço em termos técnicos, pois possibilitou o aumento da produtividade do setor, ao mesmo tempo em que reduziu custos de operação, mão de obra e contribuiu para diminuir os acidentes de trabalho e emissão de resíduos no meio ambiente.

Contudo, apesar dos inúmeros benefícios, a tecnologia também aumentou a complexidade de funcionamento das máquinas e equipamentos industriais, sendo preciso adotar medidas para evitar erros e garantir a integridade de todo o sistema do maquinário.

Por outro lado, a tecnologia também permitiu o desenvolvimento de instrumentos de medição, que são responsáveis por aferir as condições de cada equipamento industrial, colaborando com os processos de manutenção na indústria.

Os principais instrumentos de medição utilizados na indústria

A chamada instrumentação industrial consiste em uma série de procedimentos técnicos de manutenção, análise e avaliação em máquinas e equipamentos da indústria, por meio de ferramentas especiais, fabricadas para perceber níveis de funcionamento, calibração, vazão, estanqueidade e temperatura.

Quando os instrumentos são utilizados de maneira criteriosa e planejada, é possível reduzir significativamente os custos de operação, aumentar a produtividade do setor e, ainda, contribuir com a qualidade e a segurança de toda a linha de produção.

Muito por conta disso, a instrumentação está atrelada à automação industrial, que é a aplicação de tecnologias para o aprimoramento dos trabalhos no segmento.

Desse modo, o principal objetivo da instrumentação é manter o controle de todos o processos produtivo, incluindo questões que envolvem o volume, peso, densidade e vazão das máquinas e equipamentos.

Dependendo dos resultados, é possível prever como será o rendimento produtivo e, em casos de necessidade, adotar ações para maximizar o trabalho.

Entre os principais instrumentos de medição industrial, destacam-se:

  • Transmissores;
  • Termopares;
  • Manômetros;
  • Micrômetros digitais.

Cada um desses instrumentos é responsável por medir uma determinada grandeza que afeta no processo produtivo.

Por isso, é preciso um bom planejamento, com estudos de metrologia, isto é, os aspectos teóricos e práticos da medição, para avaliar com precisão os resultados.

Vale ressaltar que existe um sistema de metrologia nacional, estabelecido pelo Inmetro, para facilitar a análise dos dados e promover medições confiáveis.

Mais do que isso, a divulgação de resultados em conformidade com os sistema nacional de medição resguarda os princípios éticos e morais da empresa, que se mostra disposta ao comprometimento com as normas técnicas e com a comercialização de bens de qualidade.

Equipamentos que precisam ser medidos periodicamente

Grande parte das máquinas e equipamentos industriais precisa ser medida. No entanto, alguns aparelhos necessitam de cuidados especiais, principalmente, os dispositivos que são constantemente expostos à condições de agressividade, como grandes vazões, alta pressão e variações de temperatura. É o caso, por exemplo, da calibração de termometro.

Antes de ser utilizado pela primeira vez, qualquer termômetro precisa ser calibrado, para que as informações sejam precisas e para avaliar se não há nenhum problema com o dispositivo.

Além disso, deve-se realizar a calibração do termômetro periodicamente, pois a ferramenta é constantemente exposta a diversos fatores que podem afetar a sua precisão, como atritos, impactos, quedas e grandes diferenças de temperatura.

Durante a calibração do termômetro, são realizados ajustes no componente, por meio de instrumentos de medição. Dependendo do resultado, deve-se realizar ou não o conserto dos termômetros.

Além da calibração, outro equipamento que precisa ser analisado frequentemente é o climatizador evaporativo industrial.

Na prática, esse aparelho atua na renovação do ar da indústria, em conjunto com um ventilador e um sistema de umidificação com água.

Dessa maneira, o climatizador é capaz de reduzir a temperatura e umidificar o ar absorvido, para posteriormente devolver o ar, contribuindo para a melhor qualidade do ambiente.

No entanto, o climatizador está exposto a todo o momento em condições agressivas, já que o espaço industrial tem grande geração de gases tóxicos e grandes níveis de diferenciação climática.

Além disso, por trabalhar em conjunto com um sistema de umidificação, o climatizador industrial pode sofrer com o desgaste precoce a corrosão. Por conta disso, é indispensável que o equipamento passe por verificações periódicas, incluindo os procedimentos de medição.

Para realizar corretamente a medição de todos os itens, é possível contratar empresas especializadas no serviço, que contam com instrumentos especiais e respeitam todas as normas técnicas vigentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *