Conheça alguns testes realizado na indústria

 O controle de qualidade em indústrias é muito rígido.

Existem órgãos reguladores responsáveis por determinar padrões que precisam ser seguidos e esses padrões englobam todos os setores industriais.

Sâo padrões que determinar condições para as máquinas, características dos produtos, métodos de inspeção e muito mais.

Neste artigo, você vai conhecer um dos métodos exigido por esses órgãos que toda indústria precisa fazer.

Estamos falando dos testes para detecção de vazamento em sistemas de tubulação, cilindros e outras estruturas responsáveis pelo transporte ou pelo armazenagem de fluidos.

Por fluidos, entende-se que se está falando de gases e de líquidos. Então, os sistemas hidráulicos e pneumáticos estão inclusos.

O teste de estanqueidade

De todas as opções, o mais simples e popular dos testes com objetivo de se certificar a respeito da estanqueidade de um sistema é o Teste Hidrostático.

Basicamente, trata-se de um ensaio feito no sistema a ser avaliado, simulando as condições máximas de pressão para definir se o equipamento apresenta resistência ou tornando evidente a presença de vazamentos.

O primeiro passo é realizar uma injeção de água pressurizada no cilindro ou nas tubulações. Quando todo o sistema estiver preenchido, deve-se esperar por seu assentamento.

Depois, utiliza-se um sensor de pressão por determinado período, em prol de detectar variações na pressão. Quando há variação na pressão significa que há água escapando.

Para tornar o local de um possível vazamento mais visível, utiliza-se um corante na água.

Teste de estanqueidade em tanques não serve apenas para dizer se há fluido saindo, mas também para indicar se há fluido entrando.

Muitas vezes, o equipamento se localiza em um lugar externo e pode acontecer da água da chuva estar adentrando o sistema. Isso pode ser muito nocivo para a fábrica, pois há substâncias que não podem ser alteradas.

No dia a dia da empresa, pode-se verificar possíveis vazamentos com o hidrometro, sempre se atentando aos dados por ele exibidos.

Mas cuidado: mesmo nesses casos o teste periódico de estanqueidade é indispensável.

Para ter uma ideia de como a aplicação desses testes nos plurais segmentos da indústria é amplamente difundida, confira alguns dos equipamentos que precisam passar por eles:

  • Reservatórios diversos;
  • Sistema de refrigeração do maquinário;
  • Cilindros de produtos pneumáticos;
  • Tubulações de transporte de partículas;
  • Tubulações de transporte de gás;
  • Sistemas de gas glp. 

A importância da verificação de vazamentos no sistema de gás GLP é imensa.

Esse gás forma bolsas explosivas no ar, pois é mais pesado que o mesmo.

Isso significa que qualquer faísca pode resultar em explosão.

Quando se fala em faísca, não se refere apenas ao uso de fogo, mas também às coisas mais simples, como utilizar um equipamento eletrônico ou ligar um interruptor de luz.

A importância da periodicidade

Algumas pessoas se iludem pensando que sentiriam o cheiro de um vazamento.

A verdade é que existem diversos casos em que nenhum odor é notado.

Sobretudo porque a pessoa frequenta aquele lugar todo os dias, então não sentiu, gradualmente, o odor aumentando, sem se dar conta dele.

Além disso, esse vazamento pode acontecer em partes pouco frequentadas da fábrica.

Assim, o Teste de estanqueidade GLP deve acontecer regularmente.

A recomendação é que todo final de ano contenha essa atividade.

Ela só pode ser realizada por profissionais credenciados.

Isso porque existe toda uma metodologia a ser feita e, no caso de um sistema que foi considerado em bom estado apresentar um problema (como a explosão) fica sendo total responsabilidade do técnico.

A empresa se isenta da responsabilidade sobre qualquer acidente quando possui laudos provando a realização periódica desse tipo de teste.

Fica claro, então, que é uma questão jurídica e não apenas mais um processo de manutenção.

Por fim, é necessário entender que ser dono de uma fábrica é uma grande responsabilidade.

Não se trata apenas de lucro e qualidade dos produtos, mas de responsabilidade social.

Uma indústria pode gerar impactos imensos na natureza, como acontece com o descarte indevido de fluidos ou materiais radioativos.

Uma indústria pode gerar impactos na vida de todos os seus funcionários, por exemplo com a ausência dos Equipamentos de Proteção Individual, podendo gradativamente prejudicar a saúde.

Uma indústria pode resultar em incêndios, explosões e outras tragédias.

Tendo isso em vista, fica claro a importância desse tipo de teste.

Procure sempre os melhores profissionais e siga todas as recomendações dos órgãos reguladores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *