As vantagens que o transportador de rolo oferece para as indústrias

Devido à revolução da automação industrial, é cada vez mais comum as máquinas fazerem serviços que, até então, só eram feitos por humanos.

Através de softwares cada vez mais inteligentes, junto a sistemas de transportadores industriais, cada vez mais modernos, é possível para a indústria conseguir movimentar seus produtos de uma maneira mais rápida e eficaz.

Aumentando o número da produção por hora. Há uma grande variedade de esteiras para as mais distintas finalidades da indústria. Seja para a demanda de diferentes processos e circuitos, seja para diferentes tipos de cargas.

Todas as esteiras são fabricadas de acordo com a NR 11. Que padroniza e exige rigorosos testes para a segurança dos trabalhadores e do meio ambiente.

O transportador de rolo

O transportador de rolo, é o sistema usado em, praticamente, todos os setores da indústria. Ele é comumente visto em esteiras.

Por onde se realiza o check in e check out de bagagens em aeroportos e nas esteiras de compras dos supermercados.

O sistema de transporte com roletes usa rolos, que são fabricados por uma empresa de moldes plásticos. Há um longo processo, desde sua fabricação até a distribuição.

Onde deve haver o cumprimento das normas da ABNT, para que o molde de plástico, muitas vezes revestido de borracha vulcanizada, seja capaz de aguentar toneladas.

O sistema de transporte de matérias por rolo utiliza correias, junto à vários tipos de rolos em seu circuito, que são designadas para guiar e transportar materiais pesados.

Os diferentes tipos de rolos que compõem o circuito de correia, podem agir de forma alternada ou em conjunto. Conheça os tipos diferentes de rolos, que podem compor um sistema de transporte de uma empresa:

  • O rolete de carga: impede a tensão da carga carregada à esteira, dando sustentabilidade durante todo o percurso;
  • Roletes de retorno: são os designados à auxiliar, junto à correia de retorno da esteira, os itens que devem realizar o percurso inverso;
  • Roletes de impacto: os roletes de impacto diminuem as colisões das matérias, quando caem ou são colocados nas seções da esteira;
  • Roletes auto-alinhantes: detectam o menor dos desalinhamentos ocorrido em um sistema do circuito e, através do seu rolo de retorno, se alinham ao eixo das correntes retificando, de uma forma autônoma, designada secção;
  • Rolete de retorno com anéis: tem praticamente a mesma função do rolete de retorno, mas o rolo em forma de anel forma um sulco em sua extensão, pelo fato dos anéis terem um espaçamento, esse espaço evita o acúmulo de resíduos no rolete;
  • Rolete de transição: conhecido popularmente como rolete de carga, é um dos componentes mais importantes em um circuito de transportadora industrial, pois é esse rolo que suporta toda a tensão da carga da correia.

Conheça outros itens que podem otimizar o transporte em uma indústria

O sistema de transporte por rolos pode variar em seu tamanho de acordo com os itens usados pela indústria.

Como por exemplo, o circuito de transporte das esteiras com rolos, pode transportar cargas grandes e pode estar incluído, até, em empresas de transformadores.

Sempre respeitando a regra geral: quanto maior o diâmetro, maior a capacidade. Há também o tipo de transporte industrial.

Que utiliza a correia transportadora inclinada, utilizado quando o circuito requer descidas ou subidas para o transporte de materiais.

Esse tipo de circuito inclinado, facilita o transporte de produtos que têm a necessidade de serem elevados ou rebaixados. Sua esteira pode ser constituída por diferentes materiais como epóxi e aço inox.

Esse tipo de circuito inclinado é utilizado em muitos setores industriais, que se estendem desde a metalurgia à indústria de cosméticos.

Além da vantajosa rapidez para transportar cargas, que necessitam de inclinação, ainda contribui para a boa saúde do funcionário.

Já que os efeitos do LER (Lesão por Esforços Repetitivos) são muito comuns nestes tipos de serviços. Existe também o sistema de transporte pneumático.

Que é uma opção a mais para a indústria, pois utiliza esteiras mecânicas, ao invés de usar o sistema elétrico.

O seu circuito conta com a movimentação do ar para transportar materiais de diferentes tipos de um lugar para outro.

Os transportes pneumáticos industriais usam o vácuo, para puxar ou expelir os materiais com a força necessária, para que cheguem ao local desejado.

Eles são mais usados na agricultura, como por exemplo, o uso do ar em tubulações para o transporte de grãos de um determinado local para outro.

Os transportes industriais, além de uma grande praticidade em nosso cotidiano, como as esteiras de supermercado, também auxiliam todos os setores.

Além do que podemos ver, colaborando com a logística, também, tanto do transporte rodoviário quanto do transporte aéreo, através de esteiras de rolo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *