4 inspeções necessárias no ramo industrial

Por mais que a produtividade e a eficiência sejam duas preocupações crescentes em ambientes industriais, há outro fator que jamais deve ser perdido de vista: a segurança.

Afinal, fábricas normalmente abrigam maquinário pesado e usam químicos corrosivos, e ambos podem causar acidentes graves no ambiente de trabalho.

Além de conscientizar os profissionais que ali trabalham a respeito das boas práticas de segurança e estimular o uso de equipamentos de proteção individual.

É fundamental fazer a devida inspeção em todos os setores e maquinários presentes na indústria, de modo a antecipar-se a defeitos que possam causar acidentes.

Confira algumas delas a seguir:

Inspeção de compressores

compressor de ar é usado em uma série de tarefas no setor industrial.

Como seu próprio nome diz, ele faz com que os gases fiquem com um volume reduzido, o que facilita o seu transporte e permite que a pressão seja usada para fazer certas tarefas com mais eficiência e rapidez.

Por mais prático que este equipamento pareça, ele também oferece riscos.

Afinal, o ar dentro dele estará sempre em alta pressão, o que pode causar acidentes graves caso haja algum defeito.

Assim, é fundamental fazer a inspeção de compressores conforme as instruções da NR-13.

De acordo com o documento, o procedimento é dividido em verificação interna e externa.

Enquanto a primeira limita-se a um exame do aspecto do aparato no lado de fora, no segundo é preciso verificar o estado dos componentes internos.

Em ambos, é fundamental usar metodologias reconhecidas para tal, como a de ultrassom ou a hidrostática.

Além disso, o procedimento deve ficar sob a responsabilidade de um engenheiro mecânico. Entre os itens inspecionados, estão:

  • Válvula de segurança;

  • Entrada de ar;

  • Filtros;

  • Lubrificação das peças;

  • Se os funcionários usam EPIs ao operá-lo.

Caso algum problema ou defeito seja detectado, a empresa deve providenciar sua resolução imediata. Do contrário, pode haver risco à integridade da equipe.

Inspeção em vasos de pressão

Determinados procedimentos industriais exigem que os fluidos utilizados fiquem sob um nível de pressão específico. Nesses casos, o uso de vasos de pressão é fundamental.

Estes recipientes têm como função o acúmulo seguro destes fluidos, até que seu uso seja necessário.

Devido ao modo como são usados, estes itens requerem segurança e atenção redobrados. Por conta disso, eles costumam ser feitos sob medida para cada projeto, o que faz com que eles representem um custo bastante elevado para a empresa.

Ainda assim, é fundamental realizar tanto a inspeção interna em vasos de pressão quanto a externa.

A cargo de um engenheiro, o procedimento consiste tanto em uma análise dos componentes externos quanto de testes específicos de impacto, hidrostáticos, radiográfico, da dimensão da chapa, etc.

Da mesma maneira, é preciso verificar se as normas relativas ao seu uso e montagem estão sendo cumpridas. Do contrário, a indústria pode ser obrigada a pagar uma multa.

Inspeção em tanques de armazenamento

Os tanques de armazenamento são fundamentais em uma série de indústrias.

Como o seu próprio nome diz, sua função é armazenar matérias-primas ou, em certas ocasiões, produtos acabados ou resíduos.

Por conta disso, eles costumam ser vistos em locais como usinas nucleares, refinarias de combustível, fábricas, etc.

O problema é que, à medida que eles são usados, o material usado para fabricá-los pode sofrer desgastes, o que, por sua vez, pode causar vazamentos.

Além de significar desperdício (e, consequentemente, prejuízo financeiro), isso pode causar danos à natureza, conforme a substância que nele estiver armazenada.

inspeção em tanques de armazenamento, quando realiza com minúcia, pode detectar focos de vazamentos. Desta maneira, a empresa pode antecipar-se a problemas mais graves e, assim, evitar o prejuízo trazido por eles.

Inspeção elétrica

Boa parte dos equipamentos usados pela indústria dependem de energia elétrica para funcionar. Por conta disso, esses locais costumam contar com instalações robustas nesse quesito.

Caso haja defeitos, não apenas a rotina de trabalho sai prejudicada, como, também, pode causar acidentes, e até mesmo incêndios.

Por conta disso, é fundamental inspecionar a parte elétrica da edificação periodicamente.

Neste procedimento, verifica-se se as peças do circuito estão funcionando adequadamente e se há a necessidade de fazer trocas ou adaptações devido à adoção de novos maquinários no local.

Além disso, deve-se aproveitar para fazer a limpeza dos equipamentos e verificar se eles estão expostos à umidade, pois ambos os fatores podem prejudicar a segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *